São Paulo perde para a Chapecoense

29

Apresentando velhos problemas defensivos e na criação de jogadas o São Paulo voltou a perder no Campeonato Brasileiro. O algoz da vez foi a Chapecoense, que fez 2 a 0, na Arena Condá, e ganhou respiro depois de uma grande sequência de jogos sem vitória. Já o time paulista estacionou nos 12 pontos e seguiu na zona de rebaixamento da competição nacional – veja a tabela.

No segundo jogo à frente do São Paulo, Dorival Júnior pareceu tentar seguir uma linha de trabalho diferente da implantada por Rogério Ceni até sua demissão. Ciente do momento de pressão vivido pela equipe do Morumbi, o treinador optou por nem relacionar jovens como Brenner e Shaylon, que vinham ganhando espaço com seu antecessor no comando tricolor.

Em relação ao empate por 2 a 2 com o Atlético-GO, no Morumbi, na última quinta-feira, o treinador tentou mexer o menos possível na estrutura da equipe e apenas trocou Bruno por Buffarini na lateral direita. Seja por opção técnica, suspensões ou venda de jogadores, Ceni sempre mudava a escalação de um jogo para outro, mas a sua estratégia não teve o efeito que gostaria e ele acabou durando pouco no cargo.

Após novo resultado decepcionante, o São Paulo voltará a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira, contra o Vasco, às 21h45, no Morumbi. Já a Chapecoense, que foi aos 18 pontos e de distanciou um pouco mais da zona de rebaixamento na segunda metade da tabela de classificação, terá pela frente o Santos no mesmo dia, às 19h30, na Vila Belmiro. Band

SHARE