Helder Barbalho assina contrato e garante os recursos para obras do Porto Futuro, em Belém

Helder Barbalho assina contrato e garante os recursos para obras do Porto Futuro, em Belém Destaque

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, assinou no último dia 27 de dezembro, o contrato para a primeira etapa das obras de revitalização da área retroportuária de Belém, onde será implantado o Belém Porto Futuro. O projeto terá investimentos de R$ 31,5 milhões da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Regional (SDR-MI), já empenhados e garantidos no orçamento de 2018, e irá transformar a área portuária em um polo de desenvolvimento por meio da recuperação da infraestrutura, atração de investimentos e ampliação da oferta de serviços. Inovação e prevenção O objetivo é promover a integração do Porto com a cidade, como já foi feito, por exemplo, no Porto Maravilha, no Rio de Janeiro, ou no Puerto Madero, em Buenos Aires (Argentina). A expectativa é de que as obras tenham início em fevereiro. De acordo com o ministro Helder Barbalho, a revitalização é fundamental para impulsionar o desenvolvimento econômico regional e a integração logística, gerando mais empregos e renda para a população. Além de ser um empreendimento com arquitetura moderna e inovadora, a obra prevê a implantação de uma bacia de escoamento das águas pluviais do rio, que alagam parte da cidade em época de chuvas fortes, servindo como prevenção a enchentes. Região estratégica nacional A Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) atua para promover a integração das economias regionais, garantindo a infraestrutura necessária para o tráfego de produtos, mercadorias e pessoas, além de valorizar espaços marginalizados. O Porto está localizado em uma região estratégica: na margem direita da baía de Guajará, em frente à Ilha das Onças, a cerca de 120 quilômetros do Oceano Atlântico. Dentre as cidades brasileiras, Belém está entre as 20 principais no que diz respeito a conexões empresariais com as três metrópoles nacionais (Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília) e é uma das 40 áreas de concentração populacional do país. Belém Porto Futuro O projeto visa promover a revitalização da área portuária não operacional do Porto de Belém. A primeira etapa contempla a elaboração dos projetos básico e executivo e a incorporação de serviços, como a construção de Parque Urbano, zonas de estacionamento e outras obras periféricas tais como a implantação de uma ponte para melhorar o tráfego local. O projeto também prevê a revitalização da Praça General Magalhães e a construção da Praça Futuro como opções de lazer à população. A fase seguinte - segunda etapa - está em processo de elaboração de projeto.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.