Paraense desaparecida no Suriname foi assassinada, diz família

Paraense desaparecida no Suriname foi assassinada, diz família Destaque

A família da paraense Elisângela Ribeiro Domingos, de 33 anos, busca por ajuda das autoridades. A mulher, que viajou para o Suriname no começo de dezembro, está desaparecida desde o último dia 22. Segundo os parentes da paraense, há denúncias de que Elisângela foi assassinada. As informações são do G1 Pará. “Recebemos a ligação de uma amiga dela, que nos contou que Elisângela foi encontrada morta dentro de uma casa, já em avançado estado de decomposição”, diz Marco Antônio Almeida, cunhado da vítima. De acordo com a família, Elisângela viajou para o Suriname no dia 2 de dezembro, para trabalhar na área de serviços gerais. “Ela já havia morado lá a trabalho, e voltou há uns 3 anos, porque adoeceu. Aqui ela se recuperou e esse ano decidiu voltar”, relata Marco. A paraense morava em Paramaribo, capital do Suriname. Segundo a família, a amiga da vítima relatou que Elisângela saiu para uma festa e não foi mais vista. O desaparecimento teria sido registrado na polícia local. O corpo de uma mulher morta, com as características físicas de Elisângela, foi encontrado na segunda-feira (1º).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.