Governo anuncia novo titular do Sistema Penitenciário do Pará

89

O Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 1º de junho, anuncia oficialmente mais uma troca no alto escalão da segurança pública do Pará. O coronel Rosinaldo da Silva Conceição, de 49 anos, assume o cargo de superintendente do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe). Já o coronel André Luiz de Almeida e Cunha, de 48 anos, deixa o comando do órgão para assumir o cargo de secretário-adjunto de Gestão Operacional da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), em substituição ao coronel Hilton Benigno, que foi deslocado para o comando da Polícia Militar.

A cerimônia de transmissão de cargo foi realizada no auditório da Procuradoria Geral do Estado (PGE), em Belém, e contou com a presença de diversas autoridades além de servidores da Susipe. O secretário de Segurança Pública do Estado, general Jeannot Jansen, representou o governador Simão Jatene durante o evento.

O novo superintendente da Susipe, coronel Rosinaldo Conceição, é casado, pai de dois filhos e ingressou na Polícia Militar do Pará em 1990. É bacharel em Segurança Pública pela Academia de Polícia Militar da Bahia, com pós-graduação em Segurança Pública, Defesa Social e Cidadania pelo Instituto de Ensino de Segurança Pública do Pará (Iesp), em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA).

Foi promovido ao posto de coronel da PM em 21 de abril de 2017. Já atuou na Companhia Independente de Rádio Patrulha, foi instrutor da Academia de Polícia Militar Coronel Fontoura, subcomandante da 1º BPM da Capital, comandante do 20º BPM da Capital, comandante do Batalhão de Polícia Tática de Ronda Metropolitana (ROTAM), subcomandante do Comando de Missões Especiais da PMPA e titular do Comando do IX Policiamento do Baixo Tocantins.

A trajetória de Rosinaldo Conceição na Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará começou no exercício da função de vice-diretor do extinto Presídio São José Liberto, e prosseguiu nos cargos de vice-diretor do Presídio Estadual Metropolitano I, diretor da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel, diretor do Centro de Recuperação Penitenciário I, diretor do Núcleo de Segurança Institucional da Susipe, diretor do Núcleo de Administração Penitenciária da Susipe, coordenador-geral e, por último, diretor-geral penitenciário da Susipe.

“Eu fui convocado para assumir mais uma etapa da minha missão aqui na Susipe e a minha trajetória profissional foi sempre assim, determinada para missões árduas e com momentos difíceis. Mas este, em particular, não será assim porque estou recebendo uma autarquia organizada, estruturada administrativamente e composta por profissionais competentes, para darmos um tratamento penal mais digno e humano a uma população carcerária de mais de 16 mil detentos, distribuídos em 46 unidades prisionais”, destacou coronel Rosinaldo Conceição.

Durante a cerimônia, o tenente coronel Mauro Moreira Matos também foi nomeado para assumir a Diretoria Geral Penitenciária da Susipe. “Eu já fui diretor de casa penal, diretor do Núcleo de Administração Penitenciária, diretor do Núcleo de Inteligência e agora assumo mais essa função. A nossa proposta é dar continuidade ao trabalho que o coronel André Cunha realizou, de forma a manter os resultados positivos junto aos servidores, à população carcerária e à população”, ressaltou coronel Matos.

Gestão Operacional – O coronel André Luiz de Almeida e Cunha deixa o comando do Sistema Penitenciário do Estado depois de quase seis anos na função, para integrar a equipe de Gestão Operacional da Segup. Neste momento tudo o que eu tenho a fazer é agradecer por esses cinco anos e seis meses que passei à frente desta autarquia. Comandar a Susipe é uma tarefa difícil e ela não teria sido possível se não fosse o apoio dos diretores, coordenadores, gerentes e de todas as pessoas que ocupam os 238 cargos em comissão e os mais de três mil agentes prisionais. Agradeço a todos por terem me ajudado a construir um órgão melhor para o Estado e para sociedade”, declarou o coronel André Cunha.

Servidor de carreira da Polícia Militar do Pará, André Cunha é bacharel em Direito pela Universidade da Amazônia (Unama), bacharel em Ciências de Defesa Social pelo Instituto de Segurança Pública do Pará (Iesp), bacharel em Ciências Náuticas pelo Centro de Instrução Almirante Brás de Aguiar (Ciaba), da Marinha do Brasil, e tem pós-graduação em Modalidades de Tratamento Penal e Gestão Prisional pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e em Defesa Social e Cidadania pela Universidade do Pará (UFPA).

Além do novo cargo na Segup, André continua como vice-presidente do Conselho Nacional de Secretarias de Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Sistema Penitenciário (CONSEJ) e membro do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) ligado ao Ministério da Justiça.

O general Jeannot Jansen destacou durante o seu discurso a competência e o respeitável currículo de André Cunha, que passa a atuar na Segup, além de agradecer por seu trabalho e contribuição ao sistema penitenciário paraense. “Não é desconhecida a exacerbada dificuldade no exercício do cargo de chefe do sistema penal estadual e os riscos, físicos e de gestão, a que está sujeito o seu titular. André enfrentou essas condicionantes com coragem e valentia, superando com inegável êxito as sucessivas crises do sistema, evitando que o Pará exibisse, ao lado de muitos outros Estados da Federação, incapacidade de controle de seu sistema prisional, a exemplo do corrido em grande parte do Brasil. A sociedade paraense lhe deve esse magnífico serviço”, concluiu o secretário.

Por Timoteo Lopes

SHARE