Em Anapu, homem é preso por matar esposa e enteado a tiros de espingarda

60

Um agricultor de 26 anos foi preso após balear a esposa e o enteado no sábado (8) em Anapu, município do sudoeste do Pará. O menino de dois anos de idade morreu no hospital de Anapu e a esposa chegou a ser transferida para o Hospital Regional de Altamira, mas faleceu na manhã de domingo (9).

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu onde o casal residia, na estrada vicinal do Buriti, a 7 quilômetros da sede do município de Anapu. Após uma discussão entre o casal, o agricultor disparou contra a esposa, Karina Tavares da Silva, e contra o filho dela, Roni Gabriel Tavares Rodrigues.

“Soubemos que as vítimas estavam no hospital e que o suspeito estaria no local do crime. Ao chegarmos ao local, encontramos o suspeito deitado no chão. No local, foram encontrados dez cartuchos de espingarda calibre 20. O acusado havia escondido a arma do crime a 50 metros do local”, detalha o delegado Rubens Mattoso, responsável pelas investigações do crime.

Ainda de acordo com as investigações da polícia, marcas de sangue no local sugeriam que a mulher foi arrastada. A criança foi baleada na região das costelas e a mulher foi baleada no braço, na mão e nas costas.

Segundo o delegado, o agricultor foi autuado em flagrante por homicídio qualificado da criança e por feminicídio pela morte da mulher. Ele não tinha passagens pela polícia e foi transferido para a Seccional Urbana de Altamira, onde vai permanecer recolhido à disposição da Justiça. As informações são do G1 Pará.


SHARE