Belo Monte ativa mais uma turbina e já produz 3,2 MW de energia

252

Um ano após ativar comercialmente a primeira turbina, a Usina Hidrelétrica Belo Monte inicia a produção comercial na quinta Unidade Geradora da Casa de Força Principal, no Sítio Belo Monte. A operação foi autorizada ontem, dia 20/04, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Em todo o complexo hidrelétrico, incluindo a geração no Sítio Pimental, já são 11 turbinas em funcionamento com capacidade instalada de 3,2 mil MW.

A quinta unidade geradora em operação no Sítio Belo Monte é do tipo francis e possui capacidade de 611,1 MW. Onde a máquina está operando serão montadas mais 13 turbinas em dois circuitos de geração, totalizando 18 unidades. O complexo hidrelétrico já conta com a Casa de Força Complementar, construída no Sítio Pimental, a plena operação com seis unidades geradoras com 38,8 MW cada.

Belo Monte iniciou a geração comercial no dia 20 de abril de 2016 com uma turbina acionada na Casa de Força Principal. A usina foi inaugurada no dia 5 de maio daquele ano e já está entre as seis maiores produtoras de energia elétrica do país, com geração semelhante a empreendimentos como as hidrelétricas Xingó, Jirau e Santo Antônio.

O complexo Belo Monte está sendo construído pela Norte Energia no Rio Xingu, no município de Vitória do Xingu, no Pará. Com capacidade instalada de 11.233 MW, a obra terá 24 turbinas, distribuídas nas duas casas de força. Belo Monte é uma hidrelétrica que segue o modelo a fio d’água, sem represamento, com dois reservatórios: o principal, no próprio leito do rio, e o intermediário interligados por um Canal de Derivação de 20 km.

Por Anderson Araújo

SHARE