Paraense de Vitória do Xingu deixa Portugal e estreia na elite da Grécia

Paraense de Vitória do Xingu deixa Portugal e estreia na elite da Grécia Destaque

Aos 23 anos, o meia Willyan Barbosa é mais uma joia paraense que se estabeleceu no futebol sem vestir as camisas de Paysandu e Remo. Reforço do Panetolikos, o jogador, natural de Vitória do Xingu, estreou no último sábado (3) na primeira divisão do campeonato grego, contra um dos gigantes do país, Panathinaikos, na capital Atenas. O placar foi de 0 a 0. 'Fiz apenas um treino com meus novos companheiros, mas me coloquei à disposição do treinador. Entrei no segundo tempo e procurei ajudar a equipe, me movimentando bem e criando algumas jogadas de ataque. Empatar com o Panathinaikos, fora de casa, é um resultado excelente. Fiquei feliz com a atuação na estreia, mas a tendência é evoluir com a sequência de treinos e jogos', disse o jogador. Nas últimas temporadas, Barbosa atuou pelo futebol português, onde vestiu as camisas do Beira Mar, Nacional e Vitória de Setúbal, entre as temporadas de 2013 e 2017. O início da carreira dele foi na Tuna, aos 13 anos, de onde se destacou e foi levado para o Leme, do Rio de Janeiro. De lá, saiu para o Torino (ITA), onde finalizou sua formação como atleta e de onde adquiriu dupla nacionalidade. Em sua primeira passagem pelo futebol grego, Willyan avaliou o Panetolikos. 'O time é muito bom, com forte poder de marcação e sabe jogar com a bola no pé, envolvendo o adversário no meio-campo. Estou muito motivado e acredito que temos todas as condições de subir bastante na classificação', declarou. Ocupando o 12º lugar com 20 pontos ganhos, o Panetolikos volta a campo pelo Campeonato Grego no próximo domingo, quando recebe o lanterna Platanias, em confronto válido pela 21ª rodada. ORM

Mídia

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.