Aldeias do Médio Xingu recebem novas escolas construídas pela Norte Energia

101

A Norte Energia entrega mais três escolas que foram construídas em atendimento ao Projeto Básico Ambiental – Componente Indígena (PBA-CI) da Usina Hidrelétrica Belo Monte. Entre os dias 2 e 5 de maio, foram entregues as unidades das aldeias Aradity, na Terra Indígena (TI) Araweté, e Ita-aka e Kwatinemu, na TI Koatinemo. Já são oito unidades entregues pelo Programa de Educação Escolar Indígena (PEEI), incluindo as das aldeias Mïratu, Furo Seco e Paquiçamba, na TI Paquiçamba, Terrawangã, na TI Arara da Volta Grande do Xingu, e Boa Vista, na Área Indígena Juruna do Km17.

Esse programa prevê a construção de escolas indígenas, cujas obras estão sendo executadas de acordo com cronograma, que é acompanhado pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI). As unidades escolares que são entregues totalmente equipadas, estão sendo implantadas em modelos de quatro e seis salas de aula, de acordo com o tamanho da população de estudantes de cada aldeia.

A Norte Energia também está construindo 34 Unidades Básicas de Saúde Indígena (UBSI), das quais 17 já foram construídas e equipadas pelas ações desenvolvidas com recursos de Belo Monte, sendo entregues ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), órgão responsável pela saúde indígena.

O PBA-CI desenvolve projetos para cerca de 3,5 mil indígenas aldeados e citadinos de nove etnias da região do Médio Xingu. Norte Energia

SHARE